Seguidores

12 de setembro de 2010


NOSSO OÁSIS

Teus braços fortes me tomam
E me conduzem
Ao nosso oásis
Onde saciamos a fome e sede
De nós, do nosso amor

Teu calor incendeia meu corpo
E arrebatada deixo-me ir
Pros braços de Olimpo
Viver momento de deuses
Que os mortais não têm direito
Só aqueles arrebatados pelo Amor
Que já brindaram com Baco
O vinho da paixão।

(Vera Helena)
Vitória/ES - Em 10/09/2010 –

Um comentário: