Seguidores

1 de dezembro de 2011

SAIBA MOÇA


SAIBA MOÇA

Que ninguém nos ouça
Mas saiba moça
Que além de lavar sua louça`
Posso te dar o mundo
Te dedico o mais profundo
Que há dentro de mim
Te entrego a lua
Que te faz encantada
Aluada na rua
Andando semi-nua
Desvairada madrugada
Pra que buscar tanto?
Se estou aqui
Aí você não vai achar nada
Que te faça feliz
Louca menina
Me dá uma chance
De mudar sua sina

(Vera Helena)
Vitória/ES – Em 28/11/2011)

CORAÇÃO EM FOGO


RENDIÇÃO


ENTRE ESTRELAS

ENTRE  ESTRELAS

Meu pensamento divaga entre estrelas
Buscando a mais bela e brilhante
Pra adornar teu corpo amante
E te prender a mim
Em belo colar de diamantes
Te amo a todo instante
Sendo direcionada por estrelas
Que me acompanham
e de forma constante
Me levam até você
Meu coração é levado pelo vento
E entregue em suas mãos
Pra que dele cuide
Com carinho e emoção
Meu olhar te busca na noite
Transpondo escuridão que me deixa cego
Sem tato, no ato
Não te vejo mas te sinto
E pressinto que logo...logo
Você estará aqui e vem
Trazida pelo vento e meus poemas

(Vera Helena)
Vitória/ES – Em 28/11/2011 - 



TENTANDO

TENTANDO

Tudo já se falou
Tudo já se escreveu
Onde estão os versos meus?
Soltos ao vento
Em dispersão
Buscando alento
Inspiração
Pra de novo escrever
Escrever algo novo
Que ninguém ainda fez
Neste ensaio e erro
Vou tentando...
Errando...
Acertando...
Tentando outra vez.

 (Vera Helena)
Vitória/ES - Em 27/11/2011 –



27 de novembro de 2011

DESPERTAR

DESPERTAR

Corpo acorda
Recorda momentos
Pungentes e pulsantes
Refletidos em neon
Luz incide sobre a mente
Que não mente
Mas só mente só
Corpo vira semente
Rejuvenesce
Sanamente
Serenamente
Se encanta
Canta bela canção de ninar
Enquanto pássaros
Despertam com seu cantar

(Vera Helena)
Vitória/ES - Em 27/11/2011

POEMINI 02

RENDO-ME À PAIXÃO

NA NOITE

AMOR EM PLENITUDE

A LUA QUE ME ASSANHA

26 de novembro de 2011

HOJE EU QUERO

SONETO DA ALMA EM POESIA


DESTINO INCAUTO

MESMO DESTINO

FAZ-ME TUA


UM NOVO AMANHÃ


NADA MAIS IMPORTA


DESCOBERTA


SEM DEFESA


3 de outubro de 2011

DO PRAZER DO MEL


VIDA FELIZ


TROCA


NA LINGUAGEM DO AMOR


ANOS DE ESPERA


QUANDO O AMOR CHEGAR


COMO TATUAGEM


ESPELHO


30 de agosto de 2011

INDEFESA


TANTO




ME AME





RENDIÇÃO


VOCÊ


SEM DIREÇÃO






ANOS DE ESPERA




FAZ-ME TUA




ULTIMO BRINDE