Seguidores

30 de agosto de 2011

VOCÊ


Um comentário:

helio.rocca disse...

Um poema bastante interessante. Mostra galantemente depêndencia o querer ter estar. Mas de modo clássico. Lindo amiga, amei!