Seguidores

25 de fevereiro de 2011

ETER_AMANTES


Um comentário:

helio.rocca disse...

Esse poema transcede a efêmera existência do ser humano na terra. Lindíssimo. Temos de acreditar sempre que há algo mais além da vida. Parabéns, minha amiga e poetisa!