Seguidores

8 de janeiro de 2011



Um comentário:

helio.rocca disse...

Lindo, um poema confessional, claro, aspiração, desejo. Embora algumas vezes não haja contrapartida, e no amor que buscamos isso. Parabéns querida amiga. Aprendo muito com você, sempre!